quarta-feira, 11 de maio de 2016

Tira do Euricéfalo nº 977: Perfume

kkkk

vou fazer um lembrete no próprio blog

primeiro posto a ideia, depois, quando tiver tempo eu desenho

Verdinho chega em uma loja e diz: "oi, você tem aquele perfume FERRARI BLACK? eu queria experimentar!"
Lojista: "claro, senhor!", traz o perfume, "aqui está!"
Verdinho cheira: "hummm, gostosinho mesmo!"
Lojista: "bom mesmo, não? vai comprar?"
Verdinho: "vou sim, mas pela internet, onde está bem mais barato!"

quarta-feira, 23 de março de 2016

Tira do Euricéfalo nº 976: Iminência


1. Pobre Dona Euricéfala, está mal há dias, dor de cabeça é iminente.
2. Pensei em inventar um nome para o analgésico, mas tudo que eu imaginei já existe (Cerebrex, Cefalex...).
3. Sempre que eu escrevo, leio ou ouço a palavra iminente me parece que está escrito errado, sempre penso que o correto é escrever eminente (culpa do Eminem, acho). A palavra Eminente existe, mas significa “alto”, “elevado”. Já “iminente” é o que está prestes a acontecer.

segunda-feira, 21 de março de 2016

Tira do Euricéfalo nº 975: Engenheiro


Foto extraída de uma capa de revista especializada em engenharia.
(Uau, 3 tiras em um único dia, hoje estou inspirado, parece os velhos tempos.)

Tira do Euricéfalo nº 974: Anjo


É uma expressão que deveria ser revista, né?

Tira do Euricéfalo nº 973: Não Te Conto


Se acharam essa tira sem graça, bom, eu não prometi nada.

quarta-feira, 16 de março de 2016

Tira do Euricéfalo nº 972: Efeito Colateral



Vamos às velhas e boas notas de rodapé. Demorou, mas terminei. Todas aquelas tiras que haviam sumido (que o hoster apagou) foram repostadas. Aproveitei que estava com a mão na massa para dar uma enxugada também. Todas as tiras estão aqui novamente, mas se você clicar página por página verá que algumas tiras e posts menos importantes foram escondidos, justamente para você ter uma leitura mais dinâmica, mais enxuta. As tiras ainda estão todas aqui, mas para lê-las você terá que clicar no post. Porém, não se preocupe e acredite em mim, não se dê ao trabalho, se eu escondi é porque não tem muita relevância hoje em dia. Você que está chegando agora, boa leitura.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016